Resenha: Espera, de Maggie Stiefvater


ATENÇÃO: Resenha que pode conter spoilers, pois este é o segundo volume da série "Os Lobos de Mercy Falls", leia a resenha do primeiro livro "Calafrio".

Título: Espera
Autor(a): Maggie Stiefvater
Série: Os Lobos de Mercy Falls
Páginas: 360
Skoob: Adicione
Editora: Agir 
Sinopse: Em Espera, Grace e Sam devem lutar para ficar em juntos. Para ela, isso significa desafiar seus pais e manter um segredo muito perigoso a respeito de seu próprio bem-estar. Para ele, isso significa lutar contra seu passado de lobisomem... e descobrir uma maneira de sobreviver no futuro. Adicione a essa mistura um novo lobo chamado Cole, cujo passado tem o potencial de destruir toda a matilha, e Isabel, que já perdeu seu irmão para os lobos, e, apesar disso, se sente atraída por Cole.


RESENHA
Confesso que parte de mim estava com medo de continuar, pois o primeiro livro foi tão maravilhoso que fiquei com receio do segundo deixar a desejar... Contudo, o segundo livro conseguiu atender as minhas expectativas e a Maggie conseguiu manter a magia de Mercy Falls.

Em Calafrio, Grace e Sam terminam de certa forma juntos e tudo ocorreu bem, até que em "Espera", Grace começa a apresentar sintomas de dor de cabeça forte e como se não bastasse, ela junto de Isabel (irmã do rapaz Jack que morreu no primeiro livro) encontram um lobo morto, acreditando que seria por conta da idade, deixam o assunto um pouco de lado.

Grace não diz a Sam sobre suas dores de cabeça e há muitos problemas familiares. Os pais de Grace não aceitam o namoro dela com Sam, os novos lobos de Mercy Falls estão instáveis e o pai de Isabel quer vingança.

Neste livro, mantém as narrações de Grace e Sam, porém agora temos a narração de Isabel e Cole (já falaremos dele a seguir). Entender o pensamento de cada personagem em primeira pessoa nos faz aprofundar-se ainda mais na estória e se apaixonar por todos os personagens.

Cole, um dos novatos e ex vocalista de uma banda famosa, quer esquecer seu passado, quer deixar de ser Cole e se tornar um lobo; sem sentimento, lembrança ou emoção. Isabel, machucada por se culpar pela morte do irmão, se aproxima de Grace e Sam e tenta entender como a transformação funciona, se aproximando também de Cole. Tudo indicaria que seriam um novo casal, mas ambos estão tão machucados que fica difícil ver um futuro ali. (apesar de eu torcer pelos dois ♥). 

Os quatros se vêem juntos contra algo temeroso: a tão desejada cura. 

Esta é a história de um garoto que costumava ser lobo e de uma garota que estava começando a se transformar em um.

Em Calafrio, pensamos que havia sim uma cura e que tudo estava resolvido, já em Espera, a cura nunca existiu, só estava adormecendo algo que precisava se libertar. O suspense e todo o desenrolar da história me deixou com o coração partido, pois o final do livro é tão triste que nem sei o que dizer, apenas ler o terceiro e ver como tudo vai terminar.

Não permitirei que este seja o meu adeus. Transformei em mil Spássaros de papel as lembranças de nós dois e formulei um desejo.

O livro é um romance tão puro e verdadeiro, repleto de poesias e que enchem nossos corações de esperança e sentimento bom. Recomendo muito a leitura dos dois livros e em breve trarei a resenha do terceiro.


BEIJOS DE LUZ! ;*

Veja também

2 comentários